Aeronaves brasileiras

Total de aeronaves do Brasil – Quantidade de aviões

O Brasil já tem uma frota considerável de aeronaves, contando com aviões de passageiros, helicopteros, aviões de carga, aviões agrícolas e outros tipos. Quem controla o registro de aeronaves é a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil.

Total de aeronaves registradas na ANAC até julho de 2010: 12.505 distribuidos entre os Estados:

  • Acre – 67
  • Alagoas – 55
  • Amazonas – 216
  • Amapá – 53
  • Bahia – 293
  • Ceará – 182
  • Brasília – 291
  • Esppirito Santo – 80
  • Goiás – 772
  • Maranhão – 143
  • Minas Gerais – 949
  • Mato Grosso do Sul – 543
  • Mato Grosso – 964
  • Pará – 719
  • Paraíba – 39
  • Pernambuco – 115
  • Piauí – 95
  • Paraná – 740
  • Rio de Janeiro – 849
  • Rio Grande do Norte – 33
  • Rondônia – 137
  • Roraima – 148
  • Rio Grande do Sul – 907
  • Santa Catarina – 272
  • Sergipe – 17
  • São Paulo – 3.721
  • Tocantins – 105

Tipos de aeronaves registradas até julho de 2010:

  • Balão – 3
  • A Jato – 873
  • Turbo Hélice – 1.783
  • Pistão – 9.513
  • Planador – 305
  • Dirigível – 1
  • Outros – 27

Helicópteros: 1.325 aeronaves registrados até julho de 2010:

A cidade que mais tem helicópteros no Brasil é São Paulo com 541 aeronaves que estão em atividade:

  • São Paulo – 541
  • Rio de Janeiro – 285
  • Minas Gerais – 139
  • DF – 50
  • PR – 46
  • SC – 46
  • CE – 31
  • RS – 27
  • GO – 24
  • PE – 20
  • PA – 19
  • ES – 17
  • AM – 11
  • BA – 11
  • MA – 10
  • TO – 7
  • MS – 6
  • RR – 6
  • SE – 6
  • MT – 6
  • AL – 4
  • RO – 4
  • RN – 3
  • AP – 2
  • PI – 2
  • AC – 1
  • PB – 1

Aviões Agrícolas registratos até julho de 2010: 1044 aeronaves

Avião agrícola


Cabine do avião comercial da Embraer

A Embraer – Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A foi fundada em 19 de agosto de 1969 é a maior empresa aeroespacial brasileira e uma das maiores do mundo de fabricação de aviões de vários tamanhos e finalidades, como, Aviação Comercial, Aviação Executiva e Mercado de Defesa. Até agora já foram comercializados mais de 5 mil unidades para 88 países nos cinco continentes.

São mais de 40 anos projetando, fabricando e prestando assistência para todos os compradores das aeronaves e hoje tem mais de 16.000 empregados trabalhando no Brasil e mais funcionários nas subsidiárias não-integrais, OGMA e HEAI.

Modelos de aviões comerciais da Embraer:

Embraer 195

  • EMB 120
  • ERJ 135
  • ERJ 140
  • ERJ 145
  • ERJ 145 XR
  • EMBRAER 170
  • EMBRAER 175
  • EMBRAER 190
  • EMBRAER 195

Aviões executivos da Embraer:

Legacy 650

  • Lineage 1000
  • Legacy 650
  • Legacy 600
  • Legacy 500
  • Legacy 450
  • Phenom 300
  • Phenom 100

Aviões Embraer para o mercado de defesa:

EMB 145 AEW&C

  • Super Tucano
  • EMB 145 AEW&C
  • EMB 145 MULTI INTEL
  • EMB 145 MP
  • Legacy 600
  • KC-390

A Embraer desempenha um papel estratégico no sistema de defesa brasileiro, tendo fornecido mais de 50% da frota da força aérea brasileira. Cerca de 20 forças aéreas no exterior também operam os produtos Embraer.

Uma linha de produtos de defesa baseados na plataforma do ERJ 145, tais como o EMB 145 AEW&C, para Alerta Aéreo Antecipado, o EMB 145 MULTI INTEL, para sensoreamento remoto e o EMB 145 MP, para patrulhamento marítimo e guerra anti-submarino, apresentam excelente potencial de vendas no concorrido mercado de defesa internacional.

A Embraer já entregou à Força Aérea Brasileira (FAB), as oito aeronaves contratadas para o Sistema de Vigilância da Amazônia, SIVAM. São cinco aeronaves EMB 145 SA (AEW&C – Airborne Early Warning and Control ou Aeronave de Alerta Aéreo Antecipado e Controle) – e três EMB 145 RS – Remote Sensing (ou Sensoriamento Remoto). Para Força Aérea da Grécia foram entregues 4 aeronaves e 1 para a Força Aérea do México.

Outros produtos de sucesso destinados ao mercado incluem o Super Tucano, que em sua versão para a FAB, faz parte do Programa Sivam sendo vetorado pelos EMB 145 AEW&C. A FAB recebeu a primeira – das 76 aeronaves contratadas – em 18 de dezembro de 2003 e, até o 1º semestre de 2006 foram entregues mais de 30 aeronaves.

Fontes: Embraer e ANAC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>